Notícias

Sala de imprensa
há 3 dias

Cresce a procura por entrevistadores de campo: conheça o profissional por trás das pesquisas e vagas disponíveis na PB

Para os institutos de pesquisa, contar com uma equipe de pesquisadores de campo especializada e treinada faz total diferença na qualidade da entrega

Nos últimos anos o mundo inteiro precisou se reinventar para conseguir sobreviver durante a pandemia da Covid-19. Os hábitos, a economia, o trabalho, a forma de olhar para as coisas, de se proteger, tudo mudou. Com isso surgiu a necessidade maior de quantificar e analisar cada mercado e os novos costumes da sociedade. Desta forma, também aumentou a demanda por pesquisas que possam auxiliar a entender melhor esses novos hábitos e costumes e, consequentemente, a procura por profissionais voltados à pesquisa, os popularmente conhecidos, entrevistadores.

Sendo uma ótima opção de renda extra para quem está desempregado e tem disponibilidade para viagens de longo período, a profissão de entrevistador de campo não exige uma formação específica, apenas o treinamento necessário, que muitas vezes é oferecido pelo próprio instituto de pesquisas. Em um país com 11,9 milhões de desempregados, o surgimento de vagas para entrevistadores chama atenção por exigir o básico: profissionalismo, determinação, paciência, disponibilidade e um português corretamente falado e escrito.

Quem escolher trabalhar realizando entrevistas para estudos pode se reunir com uma série de pessoas diferentes em um dia para fazer perguntas específicas, a fim de coletar dados sobre um tópico ou tema. As entrevistas podem ser realizadas em shoppings centers, espaços públicos, através de telefone ou até mesmo de porta em porta. Na hora da entrevista é imprescindível que o profissional seja capaz de conquistar a atenção do entrevistado, fazer as perguntas exatamente como preparadas e registrar as respostas literalmente, sem mudanças, para que não haja interferência no resultado.

Em seu dia a dia o entrevistador vai precisar lidar também com desafios, como abordar pessoas que estão ocupadas; conseguir aplicar questionários longos, com mais de 10 minutos, por exemplo, sem deixar o entrevistado enfadado; manter o ritmo certo para cada entrevista, convencer o consumidor a responder uma pesquisa em poucos minutos, entre outros. Mesmo com um script de abordagem criado pelas empresas, o jogo de cintura e a empatia do pesquisador contarão para que ele seja considerado um bom entrevistador.

Para os institutos de pesquisa, contar com uma equipe de pesquisadores de campo especializada e treinada faz total diferença na qualidade da entrega. “A coleta de dados é a etapa mais importante de uma pesquisa, desta forma a atuação deste profissional é fundamental para conhecermos comportamentos e tendências de uma população. Na hora da contratação, procuramos por parceiros que tenham curiosidade, vontade de aprender e que promovam a diversidade”, diz Adriana Bahia, Head de Pesquisa da Alfa inteligência, empresa paraibana de pesquisas de tendências de mercado.

Vagas para Alagoas, Paraíba e Pernambuco

Ainda segundo Adriana, a Alfa Inteligência está recrutando entrevistadores de campo para atuarem em suas pesquisas. Os interessados devem acessar o site alfainteligencia.gupy.io e se candidatar. As vagas são para os estados de Alagoas, Paraíba e Pernambuco. O salário é por produção, podendo variar entre R$ 1.295 e R$ 2.700.

Para se candidatar o interessado deve cumprir os seguintes requisitos: ter ensino médio completo, noções básicas de informática, ser comunicativo, respeitoso, saber trabalhar em equipe, seguir regras, ser persistente e ter disponibilidade para viagens. Experiência com pesquisa de campo e habilitação categoria B são diferenciais.

O pesquisador contratado pela Alfa será responsável por realizar pesquisas através de preenchimento de formulários, podendo ser presencial, por meio eletrônico ou via telefone; cumprir as metas de coletas de dados estabelecidas em cronograma de trabalho; ter habilidade em se comunicar com diversos públicos alvos, entre outras.

Sobre a Alfa Inteligência

Fundada em 2008, a Alfa Inteligência é uma empresa especializada na elaboração de pesquisas qualitativas e quantitativas para os setores público e privado, reunindo expertise multidisciplinar capaz de executar os mais diversos trabalhos em pesquisa de mercado e opinião, com pioneirismo no uso de tecnologia própria na realização de estudos de opinião 100% digital, de ponta a ponta.

Além de ser responsável por estudos em mais de 500 cidades, seja amplificando o potencial de negócios na iniciativa privada, bem como, elegendo centenas de candidatos a cargos eletivos e potencializando a imagem de gestores.